BIM otimiza projetos de edificações

Nova tecnologia chega ao Brasil para potencializar a forma de projetar e construir

As tecnologias para projetar e construir avançam no Brasil e no mundo, buscando sempre a otimização dos recursos, economia de tempo e resultados mais efetivos. Conforme os estudos avançam, algumas metodologias começam a ser viáveis, como caso do BIM (Building Information Modeling, ou em português: Modelo da Informação da Construção), que não é apenas um modelo tridimensional, mas um banco de informações integrado, podendo ser consultado em todo o ciclo de vida da edificação.

 Esta tecnologia facilita a comunicação entre os coordenadores de cada área do projeto, deixando-o com menor incompatibilidade e cada vez mais exequível. Dentre os diferenciais podemos destacar a fidelidade das obras com relação aos projetos, sendo possível avançar no ciclo de vida da edificação e utilizar os modelos para uma eventual manutenção predial e até mesmo uma demolição futura da obra.

 O sistema BIME chega para alterar e maximizar todas as formas de projetar e construir, pois permite um resultado com maior assertividade e precisão no trabalho, na compatibilização entre os diversos projetos, no aumento na qualidade final e na gestão das obras, além da redução em desperdícios, custos e tempo de execução.

 Tudo isto é possível graças a forma como o sistema funciona: cada vez que uma alteração é feita em alguma das tipologias que interferem no projeto, como terreno, questões hídricas, projeto estrutural ou elétrico, ela é replicada para o projeto como um todo, otimizando os resultados e a assertividade nas tomadas de decisão, além de proporcionar ao cliente uma visão completa da edificação e dos resultados que serão obtidos.

 Projetar através do BIM significa agregar novas parcerias entre empresas, e permite uma previsão concreta na gestão da obra, pois após a inversão de todos os dados o próprio sistema gera uma previsão de tempo de obras e etapas à serem seguidas, ou seja traça um mapa para todos os profissionais envolvidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>