Iluminar para trabalhar melhor

Projetos luminotécnicos contribuem bastante para o aumento da qualidade de trabalho e economia nas empresas

Em locais de trabalho muitos detalhes técnicos devem ser observados para gerar bem-estar e qualidade no desenvolvimento das tarefas dos colaboradores. Um ponto importante diz respeito ao projeto luminotécnico, que estuda a aplicação da iluminação artificial em ambientes externos e internos. Sendo uma empresa com larga experiência nas áreas de varejo e empresas, a Logi Arquitetura valoriza muito essa questão em seus projetos.

Adriano Dorigo, sócio-diretor da empresa, destaca que em ambientes corporativos uma iluminação inadequada pode prejudicar o desempenho do trabalhador, seu psicológico, sua segurança, ou ainda, provocar problemas de visão. “Estas observações valem tanto para níveis de iluminação abaixo quanto acima do recomendado, pois ambos podem ser prejudiciais. Para que estes problemas não ocorram, existem recomendações e normas que definem níveis de iluminação indicados para cada atividade, as quais sempre usamos como referência em nossos projetos. Uma delas é a norma da ABNT NBR ISO/CIE 8995-1:2013, que trata de iluminação de ambientes de trabalho”, explica o arquiteto.

Cada local exige um projeto luminotécnico específico e fatores diferentes a considerar, como nível de iluminação (quantidade de luz), distribuição da luz, sua cor, reprodução de cores, economia de energia, estética, entre outros. “Dependendo do caso, conhecendo as necessidades do cliente, propomos o sistema de iluminação e então desenvolvemos simulações em softwares específicos, fazendo adequações até encontrar a melhor solução”, esclarece a arquiteta e engenheira da Logi Arquitetura, Clarisse Petroski.

Dentre os vários projetos realizados pela Logi, pode-se citar como exemplo a reformulação da área corporativa da empresa ABS Bombas, onde a iluminação teve papel fundamental. “Foi proposta a troca das lâmpadas e luminárias antigas para otimizar a qualidade da iluminação e, por consequência, de trabalho dos colaboradores. Em um primeiro momento, por conta do alto investimento, nosso cliente questionou a mudança. Contudo, através de estudos e cálculos, comprovamos a eficiência do novo sistema de iluminação e convencemos que, em pouco tempo, a empresa iria não só recuperar o investimento, como iniciar um processo de economia. O resultado foi mais do que positivo”, conta Adriano Dorigo.

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>