Obras mais racionais

Os arquitetos da Logi Arquitetura apresentam detalhes e vantagens sobre novos sistemas construtivos.

A busca por novas tecnologias construtivas é um caminho sem volta. O Brasil ainda tem a maior parte de suas construções feitas com técnicas e materiais tradicionais, mas o uso dos sistemas industrializados tem se ampliado gradativamente, devido às suas vantagens, aparecendo em vários dos projetos desenvolvidos pela Logi Arquitetura. O steel frame e o wood frame são dois exemplos destas tecnologias.

Empresa DW construída com stell frame

O princípio na utilização destes sistemas é o mesmo: uma malha estrutural feita com perfis padronizados e industrializados, vedadas com painéis leves, preenchidos internamente com isolamento termo-acústico. A grande diferença recai sobre os materiais: o steel frame é uma estrutura em perfis de aço e o wood frame é composto por madeira autoclavada. “Ambos costumam estar presentes em construções que prezam por sistemas mais racionais e sustentáveis, valorizando a velocidade na execução da obra e a redução dos desperdícios”, explica o arquiteto e sócio proprietário da Logi Arquitetura Adriano Dorigo.

 Dentre as vantagens na utilização do steel frame ou wood frame, comparados à tradicional alvenaria de blocos cerâmicos com estrutura em concreto armado, está a racionalidade construtiva. “Além disso eles produzem uma construção mais leve, o que se reflete diretamente no dimensionamento das fundações da edificação”, comenta a arquiteta e sócia proprietária da Logi Arquiteta Clarisse Petroski.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>